Casadas que traem

Quando se trata de traição conjugal, as consequências podem ser devastadoras. Muitas pessoas fazem de tudo para cobrir suas atividades e isso pode levar a ações judiciais contra elas. Embora seja frequentemente o caso com cônjuges que estão envolvidos em um caso sexual, também pode ser verdadeiro para a traição do casamento.

Sinais de trapaça para casados – Você deve fazer estas perguntas se quiser saber se seu cônjuge está te traindo ou não!

Existem muitos sinais de trapaça que você deve estar atento. Esses incluem:

Seu cônjuge ficou distante de você? – Eles ficam incrivelmente rápidos em ficar com raiva de coisas que outros considerariam sem importância? Quando você começar a notar as mudanças na maneira como eles interagem com você, eles provavelmente irão para o quarto conjugal e fecharão a porta silenciosamente. Se isso acontecer com você, pode haver um motivo para a mudança repentina de comportamento. Embora muitas vezes seja porque o cônjuge encontrou outro amante, também pode ser um sinal de que algo está errado no casamento.

As discussões do casal são sempre um problema

Você costuma brigar com frequência? – Muitas vezes, quando você tem um relacionamento aberto com seu cônjuge, isso pode resultar em ele querer brigar de vez em quando. Se for esse o caso, você deve examinar o que está fazendo com que seu cônjuge fique chateado e, em seguida, tentar resolver o problema. Embora isso possa soar como uma contradição em termos, muitas vezes brigar é uma parte natural de um casamento que só precisa ser resolvida.

Seu cônjuge passa mais tempo sozinho em casa do que com você? – Isso também pode ser um sinal de um cônjuge traidor. Embora haja muitos motivos pelos quais alguém pode escolher ficar longe de você por um longo período, isso não significa necessariamente que eles estejam tendo um caso. No entanto, isso significa que o nível de intimidade entre você e seu cônjuge diminuiu e há uma oportunidade maior para a ocorrência de traição.

Seu cônjuge passa mais tempo trabalhando até tarde do que o normal? – Quando uma pessoa está emocionalmente envolvida em uma situação de traição, ela geralmente usa essa conexão para trair seu cônjuge. A verdade é que não é incomum que uma pessoa emocional traia e se sinta culpada. É sua responsabilidade lidar com a traição e garantir que seu cônjuge não esteja mais traindo você.

Você fez alguma pergunta sobre os novos hábitos de seu cônjuge? – Esta pode ser uma pergunta perigosa de se fazer, se você ainda não fez perguntas. Certifique-se de que seu cônjuge não está usando as informações do seu cartão ou conta bancária para fazer compras. Muitas pessoas usaram essas informações para obter itens que não deviam ser comprados. É importante verificar os itens que você está comprando e indagar se eles foram ou não comprados a crédito.

Tenha atenção às solicitações pessoais

Você fez algum pedido ao seu cônjuge sobre suas interações pessoais com outras pessoas? – Esses tipos de solicitações pessoais sempre devem ser vistos com cautela. Se seu cônjuge já fez esse tipo de solicitação, pergunte-se os motivos da solicitação. Isso pode ser usado para determinar se seu cônjuge está se comunicando com alguém fora do relacionamento. Se você descobriu que seu cônjuge está te traindo, talvez queira examinar mais a fundo as atividades das pessoas com quem seu cônjuge está conversando online.

Se você achar que está fazendo perguntas irrelevantes, pode considerar se há outra pessoa na vida de seu cônjuge que esteja causando problemas conjugais. Pode ser bastante comum a ocorrência de traição conjugal quando um dos cônjuges questiona o interesse do outro em suas interações online. Se for esse o caso, você deve procurar o conselho de um profissional que poderá ajudá-lo a determinar a raiz do problema conjugal e o que pode ser feito para resolvê-lo. Em muitos casos, tudo isso pode ser resolvido com uma simples conversa e os dois parceiros chegando a um acordo sobre como proceder a partir daqui.

Por que nem todas as mulheres casadas traindo seus maridos? É bem sabido que um grande número de mulheres gostam de trapacear seus maridos. A questão é por que eles não fazem isso e fazem isso como um final em vez de continuar em seu caso? Leia para descobrir por que algumas mulheres ainda amam o marido, mas simplesmente não vão se comprometer com ele.

Existem muitas razões porque as casadas trapaceiam os maridos

Um número considerável de mulheres casadas trapaceiam em seus maridos por causa de muitas razões. Há algumas mulheres que estão muito interessadas em encontrar um novo homem que os levará como garantido. Eles não têm sentimentos por seus maridos depois do casamento e, portanto, trapaceando. Outras mulheres sentem como trapacear quando seu marido os trata friamente depois do casamento.

Essas mulheres são emocionalmente fracas e precisam de uma nova fase em sua vida, onde podem se sentir úteis. Se o marido os trata de uma maneira indiferente ou é severo com eles, essas mulheres desejam secretamente fornicação com outra pessoa. Eles não se sentem mais especiais e se sentem negligenciados. Eles começam a desejar carinho e, finalmente, decidem ir para isso.

O principal motivo por trás da trapaça no casamento é o egoísmo. É como um ato de vingança. As mulheres que amam o marido, mas são infelizes com seu comportamento geralmente usam seu caso para voltar para o marido. Uma vez que eles tenham traído seus maridos, eles começam a se sentir culpados e se arrependem pelo que fizeram.

Por que nem todas as mulheres casadas traindo seus maridos? É verdade que essas mulheres amam muito os maridos, mas também estão cientes do fato de que não são mais desejados por seus maridos. Eles se sentem não cumpridos e querem encontrar outros homens que possam cumprir suas necessidades sexuais. Uma vez que eles encontram esses homens, essas mulheres tentarão roubar os maridos dele.

Porque razão elas procuram outros homens para trair ?

Por que nem todas as mulheres casadas tentam descobrir outros homens para trair? A resposta a esta pergunta está em sua necessidade de excitação. Quando as mulheres são jovens, elas sempre querem experimentar coisas novas. Eles gostam de estar em aventura e emoção. Eles acham difícil se estabelecer e colocar com rotinas de vida chatas.

Por que não são todas as mulheres casadas à procura de coisas? Isso porque as mulheres casadas não querem arriscar seu relacionamento e eles não querem perder o marido ou seus filhos. Eles se sentem ameaçados se seus maridos encontrarem outro parceiro. Eles estão sempre à procura de emoções e emoção.

A terceira razão pela qual não são todas as mulheres casadas tentando encontrar assuntos é porque pensam que o ato de infidelidade destruirá sua imagem ou sua credibilidade. Na verdade, é bastante o oposto. Na verdade, impulsiona sua auto-estima e faz com que se sintam bem consigo mesmos. Se uma mulher se envolver em um caso, ela se torna mais atraente e isso a ajuda a construir uma melhor reputação na comunidade.

A realização amorosa é um dos factores principais da traição

Em seguida, há a questão da segurança para as mulheres. É muito comum que as mulheres sejam inseguras e muitos homens se sentem da mesma maneira. Eles querem garantia de que suas esposas serão sempre leais. Ao ter um caso, eles se sentem mais seguros e podem facilmente encontrar alguém que possa cumprir suas necessidades sexuais.

Enquanto algumas mulheres encontram realização com um homem, há outras mulheres que têm uma variedade de parceiros. Quando se envolvem em um caso, correm o risco de perder seus outros relacionamentos. Algumas mulheres têm muitos amantes, mas permanecem solteiros no final do dia.

A quarta razão é porque eles são infelizes. Muitas mulheres casadas não se sentem felizes em seus casamentos. Eles sentem que seu marido dificilmente chegou em casa e que eles estão apenas ficando em casa para cuidar de seus filhos. Eles acham que eles desperdiçaram tantos anos de suas vidas. Se o casamento dele não resolvesse, o que aconteceria com suas famílias?

A quinta razão pela qual não são todas as mulheres casadas traindo? Dinheiro. Em muitos casamentos, as mulheres são forçadas a comprometer seus princípios apenas para permanecer no casamento. Desde que o marido ganha menos que a mulher, ela tem que sacrificar seus desejos e precisa apenas manter a família. Isso cria um problema psicológico para eles e também os deixa com menos dinheiro do que costumavam ter.